SISOitu oferece tratamento odontológico para pacientes em processo rádio ou quimioterápico


A SISOitu anunciou o novo tratamento que passa a oferecer a seus pacientes.

A clínica, já conceituada e reconhecida pelo tratamento humanizado e alta tecnologia em Odontologia, oferecerá agora tratamento odontológico específico para pacientes de processos rádio ou quimioterápicos, bem como pacientes que passaram por transplante de medula óssea como parte do tratamento contra o câncer.

Essa nova área ficará sob responsabilidade da doutora Maíra Battisti, mestre em Estomatologia e cirurgiã-dentista.

Segundo Maíra, em casos de câncer de cabeça e pescoço, por exemplo, os tratamentos podem trazer efeitos colaterais que afetam a saúde bucal, como a chamada "boca seca", dor, mucosite, úlceras, perda de paladar, trismo (que consiste na dificuldade de abrir a boca), cárie de radiação, infecções por fungos ou vírus, necrose óssea etc.

"Alguns quimioterápicos também podem agredir as mucosas do corpo, causando a mucosite oral branda ou agressiva. No segundo caso, o paciente terá dificuldade em se alimentar e pode perder resistência ou ter sua recuperação atrasada por isso", explica a doutora.

O objetivo desse acompanhamento, segundo o doutor Renato Villin Prado, diretor da SISOitu, é minimizar os efeitos colaterais dos tratamentos contra o câncer na região bucal.

"É algo novo que passamos a oferecer ao nossos pacientes e que vai perfeitamente ao encontro daquilo que pregamos: mais do que Odontologia, queremos praticar o bem-estar e trazer saúde a nossos pacientes", disse.